Arquivo da categoria: Flash

Converter arquivos FLV em AVI, MPG, Quicktime ou WMV

Olá pessoal,

Em busca na internet sobre a conversão de arquivos FLV em formatos como AVI e MPG, descobri alguns programas muito úteis. Segue abaixo a lista deles:

  • Riva FLV Encoder: Converte arquivos FLV em formatos AVI, MPG, Quicktime, WMV e vários outros formatos, somando um total de 20 conversões de arquivos flv possíveis. Testei e gostei muito.
  • Flix Pro: Realiza a conversão de arquivos FLV para outros formatos. Não cheguei a testar pois ele é pago, mas vi muitas recomendações de pessoas em fóruns.
  • Super: Converte arquivos FLV em: FLV para AVI, FLV para DivX, FLV para DVD, FLV para H264, FLV para MP4, FLV para MPG, FLV para VOB, FLV para XviD,

Espero que gostem das dicas de programas de conversão de FLV. Caso não encontrem o que buscaram, tentem a busca do Google: FLV Enconder.

Flash: Como obter uma melhor indexação

Flash + HTML

A alguns dias eu estava lendo em um dos blogs do Google sobre o uso de Flash em páginas e resolvi passar aqui um pouco sobre o assunto.

Como a grande maioria sabe, o Flash é totalmente um recurso visual, e o Googlebot não possui olhos. O Googlebot pode ler os arquivos Flash e extrair texto e links contidos nele, mas a estrutura e o contexto é perdido. Além disso, o conteúdo textual é, em algumas vezes, armazenado de forma gráfica no Flash, e como o Googlebot não possui um algoritmo para o reconhecimento destes gráficos, estas importantes palavras-chave são perdidas. Tudo isso significa que mesmo que o seu conteúdo em Flash esteja na base de dados do Google, ele pode perder um pouco de texto, conteúdo, ou links. O agravante fica no seguinte ponto: o Googlebot pode entender alguma coisa dos arquivos Flash, mas muitos outros crawlers não podem.

Então, o que um web desginer deve fazer?

A única coisa que se deve fazer é prover ao Googlebot e a todos os crawlers, o mesmo conteúdo que é disponibilizado aos usuários. Se você não o fizer, o seu site ficará suspeitos através dos algortimos de busca dos buscadores.

Algumas sugestões foram feitas pelos engenheiros da gigante Google, para quem desenvolve em Flash:

  • Tente usar Flash onde é realmente necessário. Muitos sites como o Youtube, utilizam a tecnologia Flash para a exibição de vídeos, mas o restante do website é baseado em HTML para a perfeita estruturação.
  • sIFR: Muitos sites utilizam o Flash para forçar os browsers a apresentar textos em uma fonte que o usuário não possua. Técnicas como sIFR deixam browsers que não possuem suporte ao Flash, lerem o conteúdo normalmente ao invés de forçar a aparição do objeto.
  • Criar versões sem Flash: Um modo comum de contornar o problema de indexação de sites em Flash é a criação de uma página inicial para a seleção do tipo do site(com ou sem flash).