Análise de SEO: high5five

Como já diria o nosso famoso amigo Borat: high five! =)

Vamos começar mais uma análise de SEO, agora com o website high5five.com, mas este website não tem nada haver com o Borat e não está hospedado no Cazaquistão.

Primeiras impressões

Logo ao entrar no site, reparei que o seu conteúdo é bem diversificado, com um conteúdo muito organizado e um template muito bacana.

Com a mente situada no assunto, vamos aos tópicos principais:

Título

Assim como na análise de SEO do Newton, volto a citar: O título não contém as keywords focadas no blog. Seria interessante observar nas estatísticas quais são as principais keywords de acesso e ver no Google Trends se elas possuem uma boa quantidade de pessoas que buscam por elas.
Um exemplo de título seria: high5five – Diversão, Internet, Inutilidades, Apple

obs.: Foque as suas principais palavras-chave.

Para os títulos das páginas dos posts, eu sugiro você colocar o nome do site depois do título da página. Você pode dar mais relevância assim para as palavras-chave que o texto vai conter.

Meta Keywords e Meta Description

O blog não possui meta keywords e meta description. A meta description é um dos grandes fatores analisados pelo Google e pelos outros buscadores para avaliar a qualidade de sua página. Assim como o título é importantíssimo colocar as palavras-chave(keywords) na meta description.
Utilize o plugin Another WordPress Meta Plugin para adiciona meta keywords e meta description para o seu blog e em todos os seus posts.

URL’s e Permalinks

Outro fator que os buscadores utilizam para rankear uma página é a sua URL. Se ela possuir palavras-chave, então será relevante, agora se possuir dados desnecessários, não ajudará muito, podendo até atrapalhar.

O ideal seria utilizar algo como:

/%category%/%postname%.html
ou
/%category%/%postname%/
ou
/%category%/%postname%
ou
/%postname%.html

Canonização de URL

Notei que você não limita a possibilidade de acessar a sua página com www e sem www. Isto é um erro muito grave, acaba gerando conteúdo duplicado e dificultando o trabalho dos buscadores.

No meu primeiro post do SEODicas, eu fiz um bom artigo sobre Canonização de URLs e segue abaixo o que deve ser feito:

O código abaixo faz com que toda requisição a high5five.com seja redirecionado permanentemente(301) para www.high5five.com :

RewriteCond %{HTTP_HOST} !^high5five.com [NC]
RewriteRule (.*) http://ww.high5five.com/$1 [R=301,L]

Links externos

É importantíssimo utilizar a tag nofollow para links externos e evitar que o seu Pagerank seja passado para outros sites que você não queira. Por exemplo, você não precisa passar PageRank para o BlogsBlogs(desculpas ao pessoal do BlogsBlogs) pois os botões são apenas para os usuários utilizarem.

Outro erro comuns em blogs é manter os links dos autores dos templates dos blogs sem a tag nofollow. Dependendo dos direitos autorais, você pode colocar o nofollow e não enviar Pagerank para eles. No rodapé do seu site, encontrei vários links externos sem a tag nofollow.

Por fim, aconselho o uso de nofollow nos links dos botões do lado da área “Links” e sugiro que você remova o link “Login” da área Meta, pois assim o crawler nem irá indexar a área restrita.

Social Bookmarking

Aqui você ganhou um ponto positivo. O botão “Espalhe para todo mundo” está bem colocado e bem visivel. Eu gosto de usar direto os ícones dos websites, mas o seu modo também funciona bem.

Fique ligado no Delicious e no Digg, você não consta(ninguém te colocou lá) em nenhum dos dois. As vezes, um incentivo (melhorar o posicionamento dos botoes) possa ajudar.

Backlinks

Segundo o Oráculo (Google), você possui 417 backlinks. Acho um bom número, visto que você ainda não possui PageRank. O domínio é novo, com data de criação 29 de Maio de 2007. Por isso ainda não possui PageRank. Dá tempo de trabalhar nele!!!

Robots.txt e Conteúdo Duplicado

Reparei que no seu robots.txt, você não fez nenhuma regra para impossibilitar a existência de conteúdo duplicado em seu blog. O blog criado com WordPress acaba gerando 4 links diferentes para atingir um post. E neste ponto, temos que evitar que os robôs de busca, indexem as 4 páginas “diferentes”, gerando assim conteúdo duplicado. Este conteúdo duplicado pode gerar punições ou desvalorizar o seu ranking interno.

Utilize as seguintes regras para evitar conteúdo duplicado com o seu robots.txt :

User-agent: Googlebot
Disallow: /page/*
Disallow: /*/trackback*
Disallow: /*/feed*
Disallow: /wp-admin/
Disallow: /author/
Disallow: /comments/
Disallow: /category/
Disallow: /2007/
Disallow: /2008/

User-agent: *
Disallow: /wp-admin/
Disallow: /author/
Disallow: /comments/
Disallow: /category/
Disallow: /2007/
Disallow: /2008/

Sitemap

Perfeito! Disponibilizou tanto o Sitemap HTML quanto o Sitemap XML.

Áreas extras

Gostei da iniciativa de criar duas páginas extras linkadas diretamente do menu superior, elas chamam a atenção para conteúdos diferentes e podem trazer vários visitantes.

Considerações Finais

O blog é muito bacana, já possui algumas técnicas de SEO implementadas, e acredito que com estas que citei possa melhorar ainda mais. Não foi uma análise muito diferente da do Newton, tentei encontrar pontos fracos e fortes no website. Continue com os seus posts diferenciados, assim você conseguirá vários sites linkando para você de forma natural.

Se for possível, tente validar o seu site. Tenho a filosofia (mas as vezes não faço) de que sites validados, oferecem mais facilidade para os robôs de busca.

Acho que todo webmaster deve estar ligado na questão de linkagem com nofollow, para isto, utilizem a ferramenta do iWebTool, o Visual PageRank, com ele você pode identificar links externos e ver os que já estão com nofollow.

Boa sorte ao webmaster e que ele consiga mais visitas e melhore o seu PageRank!

8 thoughts on “Análise de SEO: high5five

  1. brazz
    30 setembro 2007 at 9:37 pm

    Eu acho que links externos são essenciais para tornar o site/blog/post útil para os leitores (tais links complementam o que você escreve no seu site). Mostrar à Google que você procura tornar o seu trabalho útil para os leitores é uma coisa boa. A Google recompensa quem produz sites úteis para os leitores.

    Colocar nofollow em todos os links externos vai mostrar à Google que você está preocupado com o bot, e não com os leitores. A Google detesta quem produz sites pensando em bots, e não em usuários.

  2. 1 outubro 2007 at 4:52 am

    Olá brazz,

    Eu acho que esta do nofollow é importantíssima, visto que até o Matt Cutts recomenda utilizar nofollow em blogs para não produzir conteúdo duplicado. O que você faz é ajustar o que o robô pode indexar e evitar que ele indexe o mesmo conteúdo mais de uma vez.

  3. brazz
    3 outubro 2007 at 3:29 am

    O MC sugere que você use nofollow seletivamente. Por exemplo, em comentários de blogs, ou para evitar indexação de conteúdo duplicado.

    Mas você está sugerindo ao Hi5 que coloque nofollow em *todos* os links. Isso é prejudicial.

    Pesquise pela expressão ‘PR hoarding’ na Google. Leia o que as pessoas dizem.

    Abraço,

  4. 3 outubro 2007 at 4:25 am

    Então, o que estou sugerindo que ele faça é evitar todo o conteúdo duplicado e que coloque nofollow em sites que não são relacionados aos dele, ou seja, quase 99% de seus links externos (fora dos posts).

    Outro dia alguém me perguntou, “E o blogroll?”

    Meu ponto é o seguinte: Você quer passar ou não PageRank para eles? Se sim, não coloque nofollow.

    Eu uso o blogroll sem nofollow.

  5. 5 outubro 2007 at 10:30 am

    Boa Ricotta!
    Demorei pra vir aqui ver, mas cá estou!

    Eu quero arrumar um novo layout para o blog, e quando fizer isso vou implementar todas as suas dicas! ^^

    Muito obrigado pela análise!
    E o que acha de uma troca de links?

    Abraços.

  6. 14 outubro 2007 at 8:26 pm

    Teria como colocar nofollow em todos os links de um blog de uma só vez?

    ;D

  7. 15 outubro 2007 at 4:02 am

    Olá Túlio,

    Já ouvi falar de alguns plugins que colocam nofollow em vários lugares do blog, mas não me lembro o nome. Se eu achar eu mando o link para você.

    []‘s

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *