SEO e buscas personalizadas no Google

Hoje eu estava lendo algumas matérias de SEO e me deparei com um assunto muito interessante no blog do Google:

Should we as webmasters/SEOs/SEMs/users be worried about personalized search?

Our answer: a resounding NO! Personalized search takes each user’s search behavior, and subtly tunes the search results to better match their interests over time. For a user, this means that even if you’re a lone entomologist in a sea of sports fans, you’ll always get the results most relevant to you for the query “cricket”. For the webmaster, it allows niche markets that collide on the same search terms to disambiguate themselves based on individual user preferences, and this really presents a tremendous opportunity for visibility. Also, to put things in perspective, search engines have been moving towards some degree of personalization for years; for example, providing country/language specific results is already a form of personalization, just at a coarser granularity. Making it more fine-grained is the logical next step, and helps level the playing field for smaller niche websites which now have a chance to rank well for users that want their content the most.

Para quem não conhece as buscas personalizadas do Google, vou dar um resumo:

A busca personalizada consiste em uma análise dos seus termos de busca e os sites que você(o autor da busca) acessou. Assim, na próxima busca que você efetuar sobre este termo, o Google irá dar prioridade aos sites que você clicou.

Por exemplo: Eu vou no Google e digito a palavra “trabalhar no google”. Se você buscou no Google.com como eu, o resultado que apareceu foi o seguinte:

Eu apareço com o meu site na segunda posição e com o meu vídeo na terceira posição.

Digamos que a opção de busca personalizada esteja ativada na minha conta:

Agora vamos supor que eu procure muito este termo…. quanto mais eu clicar neste link, mais eu informo o Google que eu gosto daquele site. Então em buscas futuras, ele irá mostrar este site em uma posição mais elevada.

Agora vocês podem me perguntar, onde está o SEO nisso?

Bom, eu tive uma idéia muito bacana hoje… pensem comigo:

Quando você possui uma conta Google, você pode ter esta busca personalizada, ou seja, você “escolhe” quem irá aparecer primeiro nos teus resultados.

Mas eu só posso clicar nos links para aumentar a relevância deles? Não tem um jeito mais fácil?

E eu respondo: Existe sim! O Google Bookmarks! Que nada mais é que uma escolha dos seus sites favoritos, só que guardado na base de dados do Google.

Pelo que vi na ferramenta de Web History, ela faz consideração dos sites que você escolhe como favorito, e melhor, quando você “favorita” um site, você pode criar tags para ele, definindo melhor as keywords do site.

Segue então a sugestão: convençam os seus usuários a “favoritarem” o seu site através do Google Bookmarks, pois este pode ser um fator diferencial entre você e sua concorrência.

Dica: Use o seguinte código para adicionar o seu site no favoritos:
Adicionar no Google Bookmarks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *