Categorias
Empreendedorismo Marketing Digital

Como Minha Agência Deve Trabalhar Com Anúncios?

Olá. Eu recebi uma dúvida no grupo de alunos do Agência10x. A questão foi assim: “Como minha agência deve trabalhar com anúncios?” 

Para responder, vou contar uma história pra você. Quando eu comecei, o mercado do marketing digital estava só começando no Brasil. Meus primeiros trabalhos, lá em 2004, eram de SEO focado para o cenário internacional. Depois, em 2008, eu abri a MestreSEO que hoje é a Agência Mestre e, então, comecei a ter mais contato com outras agências.  

Quem é o dono da conta de anúncios?

Uma coisa sempre acontecia lá atrás com agências de mídia e que está ligada ao assunto desse post é: “quem é o dono da conta de anúncios?” 

Tem gente que fala que é do cliente e também tem gente que diz que é da agência. Hoje ainda existem esses dois modelos. Mas, antigamente, quase todas as agências criavam a conta, não davam acesso para os clientes, e quando eles saíam, a agência ficava com tudo, até mesmo com a conta de Google Analytics. 

O que eu digo é que o meu objetivo de negócio é ajudar meu cliente a crescer. Se ele optou por não permanecer mais comigo e eu criei coisas para o projeto, ele pode levar. 

Aliás, já tiveram clientes da Mestre que foram embora, levaram a conta e continuaram usando os anúncios que criamos. E também já tiveram clientes que saíram e escolheram não trabalhar com anúncios na conta que criamos. Tá tudo bem! 

Afinal, o objetivo é que o cliente fique na agência. Se ele não ficou, não importa. Não é a conta de anúncios que vai segurar mais ou menos o cara. 

O cliente tem acesso à conta e pode trabalhar com anúncios? 

Hoje na Mestre, a gente faz o cliente criar a conta e ele passa os dados para a agência. Mas é claro que o acesso também fica à disposição do cliente, inclusive, correndo o risco dele entrar e mexer nas campanhas. 

Mas, no nosso contrato, a gente coloca que se ele mexer, pode afetar nos resultados. Dizemos isso sem estabelecer proibições.

Quem gerencia a verba dentro da plataforma? 

Atualmente, a orientação geral aqui na agência é: como o cliente é o dono da conta e dá o acesso para a gente trabalhar com anúncios, ele é responsável por colocar verba na plataforma. 

Então, inserir os dados do cartão de crédito ou gerar boleto são tarefas do cliente. Muitas vezes, no segundo caso, nossos analistas geram o boleto e enviam para o cliente dizendo: “Isso é diretamente do Google ou Facebook pra gente poder mexer na conta”. 

Ou, se o cartão de crédito estiver bloqueado por limite, a gente recebe um aviso. E aí é trabalho do profissional da agência avisar o cliente. 

Resumindo: o dono da conta é o cliente, ele te dá o acesso, mas ele não deve mexer. Além disso, ele é o responsável por carregar a conta. 

Problemas que você pode evitar

Antigamente, não seguir esses passos também era perigoso porque muitas agências faziam o markup. Por exemplo, a agência recebia dez mil reais do cliente para poder investir e trabalhar com anúncios. Daí ela fazia o investimento, só que manipulava dados do Excel para mostrar que gastou mais. 

Fora isso, o complicado também é o problema de bitributação. Ou seja, se você não está como uma agência de publicidade e não tem um modelo exato de abatimento de valores e investimentos, o seu imposto vai lá em cima. 

Com o abatimento, dá pra informar o governo que a verba que você está recebendo é de mídia e não de caixa. Isso é burocrático. Mas, para quem tem conta pequena, indico que o cliente entre na conta e faça o abastecimento.

Ainda porque, outro problema que pode acontecer é o cliente pedir para a agência fazer o investimento e pagar a empresa só depois. Mas o pagamento nunca acontecer. Eu vi muita agência quebrar por causa disso. 

A grande sacada é… Foca no objetivo do seu trabalho que é ser uma agência digital e ajudar seus clientes a performam melhor. Beleza? 

Eu espero que você goste dessas dicas. Aplicando tudo isso, seus clientes vão gostar bastante do seu trabalho e, se você ainda não segue tudo isso, é hora de mudar e evitar problemas! 

Um forte abraço e até a próxima! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.