Pesquisar
Close this search box.
Indícios Que o Cliente é Uma Roubada
Indícios Que o Cliente é Uma Roubada
Sumário

Indícios Que o Cliente é Uma Roubada

Uma das últimas perguntas que eu recebi no meu instagram foi “Como saber se o cliente é uma roubada?” Por exemplo, ele parar de pagar os serviços ao longo do projeto.

Eu já até gravei um vídeo para o meu canal dizendo sobre clientes tóxicos. Então, este conteúdo é um complemento. 

Normalmente, o “cliente problema” tem as características ou se enquadra nas seguintes situações: 

  1. não tem fôlego financeiro ou têm má intenção, ou seja, não te paga;
  2. provoca um problema cultural com o seu time, por exemplo, o jeito dele pedir ou aprovar as tarefas é agressivo;
  3. diverge demais de você quanto a questão técnica;
  4. te contrata, mas não faz nada que você fala. 

Mas, então, como evitar a situação de “o cliente é uma roubada”? 

Agora que você já viu como saber que o cliente é uma roubada, posso explicar maneiras de evitar o cliente que dá dor de cabeça. Dá uma olhada nas sacadas: 

Fechamento comercial

No fechamento comercial, identifique o perfil do seu cliente. Mas, de qual jeito previno quem não tem dinheiro para me pagar? Faça uma avaliação financeira por meio do seu jurídico (consulta de CNPJ, CPF), pergunte quanto o cliente fatura por mês, consulte se há dívidas com outros prestadores de serviços. 

Além disso, se na hora que você apresenta o projeto, a pessoa cria obstáculos e não acredita no que você propõe, muito provavelmente isso vai te causar problemas. Outro caso clássico é quando o cliente fala que o time interno dele não está dando conta do recado, por isso, precisa te contratar. Tenha em mente que você não vai ser a pílula mágica para a resolver esses tipos de problemas. Mais um cuidado é ver se a outra pessoa estará sempre disposta para o seu time.  

Sendo assim, a equipe comercial tem um papel fundamental nos negócios com bons clientes. 

Andamento 

Em segundo ponto, vamos analisar cenários em andamento. Ou seja, o cliente passou na sua “avaliação”, mas depois começou a dar problema. O que fazer, então? Alinhamento. Converse com o cliente e deixe todos os pontos muito bem definidos e explicados. Por exemplo, vamos supor que a pessoa disse que só vai te pagar se você entregar X tarefa. Se no contrato está estabelecido um dia específico para fazer o pagamento, não tem conversa. Basta seguir as regras. 

Não renovação 

Lembrando do caso anterior, se o cliente está causando problemas com o financeiro, ao fim do projeto, não faça a renovação do contrato. Ou, ainda, se a pessoa quiser mudar as estratégias, é preciso dizer que o especialista é você. Se mesmo assim, o cliente insistir na mudança do que foi combinado, deixe claro que ele se torna o responsável por determinados resultados. Dependendo do caso, você também pode recusar as alterações, desde que essa objeção esteja em contrato da sua agência

A mesma sacada de não renovar o contrato vale para clientes que não cumprem datas e, no geral, não ficam dispostos à sua equipe. 

Então, nunca feche contrato ou renove com o cara que você sabe que é uma roubada. Tem gente que vai falar: “Mas, Fabio, como é que eu vou pagar minhas contas?” Só que é aquela velha história do cliente tóxico. Por que você quer ter alguém que vai causar problemas e estressar a equipe da sua agência digital? Você não deve tá calculando o tanto de energia que aquele cliente pode te tirar.  

Beleza?

Comenta aqui embaixo se você já trabalhou com um cliente roubada. Fora isso, aproveite outros conteúdos do blog Agência10x e, também, do meu canal do Youtube. 

Um forte abraço e até mais! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial
Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial

As objeções de preço são bastante comuns durante negociações comerciais, e você precisa aprender a quebrá-las sem desvalorizar os seus serviços e correr o risco de pagar para trabalhar. Leia o artigo e entenda mais sobre o assunto!

Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias
Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias

Por melhor que seja sua proposta comercial, nem todo cliente vai aceitá-la de primeira. Pelo contrário: é muito comum que eles precisem ser convencidos. Leia o artigo e confira estratégias de como quebrar objeções na venda de gestão de tráfego que vão te ajudar a fechar mais contratos!