Pesquisar
Close this search box.

Ainda Não Tenho Concorrentes. Devo Fazer Anúncios?

Picture of Fábio Ricotta
Fábio Ricotta
Sumário

Se a sua empresa não tem concorrentes, será que vale a pena investir em anúncios assim, logo de cara? Ou é melhor viver de tráfego orgânico?

Eu achei essa pergunta interessante, pois na maioria das vezes que eu recebo um cliente aqui na Mestre ele já quer começar pelos anúncios, e esse foi exatamente o contrário.

Existem muitas ideias que podem te ajudar a tomar essa decisão, e neste artigo eu vou explicar as que eu utilizaria. Confira!

Pense além do óbvio

Eu acredito que o anúncio é uma possibilidade de você alcançar mais pessoas que talvez não alcançaria de forma orgânica. Porém, isso não faz sentido se você não tem concorrente, certo? A ideia é olhar um pouco além de onde sua persona está mostrando sua principal dor.

Pense em uma pessoa que quer emagrecer. Essa pessoa entra no Google e pesquisa “como emagrecer”. Digamos que você foi a única pessoa que descobriu um método para emagrecer, e que essa é uma grande oportunidade no mercado. O fato de ter pessoas buscando por isso pode sim trazer um volume de clientes organicamente.

O melhor jeito de você pensar aqui, mesmo assim, é entender o que vem antes de ela pensar em emagrecer. O que ela está vivendo?

Será que ela está passando por um dilema com o próprio corpo? Será que está inserida em um ambiente que é hostil em relação ao corpo dela? Será que essa pessoa está satisfeita com o companheiro atual dela? Será que ela é uma modelo que vive a pressão desse meio e acha que não está no perfil correto que a agência procura?

Você tem que dar um salto para o que vem antes da pessoa mostrar a dor latente, porque lá possivelmente já existe concorrência para o seu produto.

Devo fazer anúncios?

A forma mais rápida de atuar em um mercado onde há concorrência é por meio de anúncios, assim você encontra pessoas e as traz para conhecerem a sua marca, e depois comprarem o seu produto.

A ideia não é depender somente dos anúncios, mas eles são uma ótima oportunidade de expor mais a sua marca, deixá-la mais evidente e em patamares nos quais ainda não exista, realmente, a necessidade pelo seu produto ou serviço.

Eu diria mais: acho que você deve colocar anúncios até mesmo onde você aparece com resultado orgânico! Se você não estiver na primeira posição, ter um resultado patrocinado em destaque pode trazer mais cliques, mesmo sendo um anúncio.

O resultado do orgânico junto do anúncio pode te dar uma quantidade de acessos bem interessante.

Dicas extras: palavras-chave, nutrição e remarketing

É tudo questão de você testar qual a palavra-chave que vai, de verdade, trazer mais pessoas qualificadas para o seu negócio.  As que não forem, você pode nutrir para, lá na frente, elas resolverem comprar de você!

Se você ainda não trabalhou com anúncios, você pode começar simplesmente fazendo remarketing.

Uma pessoa pode chegar organicamente ao seu site, e depois, se ela não saiu, não fechou o carrinho de compra ou não decidiu sobre o orçamento, você pode impactá-la com anúncios reforçando a qualidade de sua empresa, serviço ou produto. Outra ideia é dar alguns descontos para que ela feche negócio com você.

Esse é o modelo tradicional de remarketing. Uma forma de chegar até a pessoa com anúncios, de forma mais ativa, mas com resultado.

Gostou do artigo? Confira os outros aqui no blog do Agência10x!