Pesquisar
Close this search box.
2 Coisas Para Fazer no Início da Sua Agência Digital
2 Coisas Para Fazer no Início da Sua Agência Digital
Sumário

2 Coisas Para Fazer no Início da Sua Agência Digital

Vou compartilhar duas coisas muito importantes que eu gostaria de saber no começo da minha agência. No dia início da sua agência digital, você deve ter alguns parceiros principais.

Quais parceiros você precisa contar no início da sua agência digital?

Minha dica envolve dois parceiros que vão ajudar em todo o processo de abertura:

1. Uma empresa de contabilidade

Para ajudar a abrir seu negócio e encaixá-lo no tipo ideal de prestação de serviço, ou seja, em qual ângulo você vai atuar.

Ao invés de fazer como outros colegas donos de agências digitais, é importante ter o apoio de profissionais especializados que vão dar direções de acordo com o seu caso.

Por exemplo: na virada desse ano, o “Marketing Direto”, que era utilizado por pessoas freelancers para se declararem no regime MEI, foi retirado desse modelo e enquadrado no Simples Nacional com uma tributação diferenciada. Muitos mudaram de modelo sem saber, o que não aconteceria com o suporte de um contador. Esse profissional coloca você no regime mais adequado à sua empresa.

2. Uma empresa de advocacia/um advogado

Um advogado pode dar todo o apoio necessário para criar o contrato social da empresa. No passado, eu acreditava que somente o contador deveria fazer isso. Hoje, entendo que o advogado pode dar um suporte ainda maior, indicando as causas necessárias para estarem no documento. Os dois, juntos, vão dar a você uma noção completa sobre tributação. Estes são os maiores parceiros que você pode ter.

Benefícios de contar com o apoio contábil e jurídico:

Listei algumas das principais vantagens:

  • entendendimento sobre todos os tributos — contar com um contador consultivo vai ajudar você a conhecer mais sobre a área, assim como um advogado consultivo também vai te dar mais conhecimentos;
  • previsibilidade do futuro — o seu contador pode até mesmo fazer um estudo e apresentar uma previsão de como será os próximos meses ou o ano seguinte;
  • organização dos documentos diários — como contrato de trabalho com colaborador, contrato com cliente, entre outros, serão atividades que não precisam mais estar somente em suas mãos;
  • possibilidade de demandar a cobrança — caso você não queira tomar esse trabalho para si — seja por acreditar que não faz seu perfil cobrar os clientes ou por qualquer outro motivo — poderá acordar com seus parceiros para que seja uma atividade deles e não mais sua.

Sobre o modelo de contratação, você pode optar por contratar sob demanda ou por ter uma contratação fixa. Apenas lembre-se de que este é um dinheiro muito bem investido em seu negócio.

Gostou deste conteúdo? Continue acompanhando o blog Agência10x para mais artigos sobre gestão, processos e muito mais sobre o dia a dia de agências digitais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial
Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial

As objeções de preço são bastante comuns durante negociações comerciais, e você precisa aprender a quebrá-las sem desvalorizar os seus serviços e correr o risco de pagar para trabalhar. Leia o artigo e entenda mais sobre o assunto!

Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias
Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias

Por melhor que seja sua proposta comercial, nem todo cliente vai aceitá-la de primeira. Pelo contrário: é muito comum que eles precisem ser convencidos. Leia o artigo e confira estratégias de como quebrar objeções na venda de gestão de tráfego que vão te ajudar a fechar mais contratos!