Categorias
Empresa

Como Escalar sua Agência Digital Por Meio do RH

Quer entender como escalar sua agência digital pela ação de um RH eficaz? Confira as dicas deste artigo e entenda porque você precisa dessa área em sua empresa!

Um dos pontos que mais me libertou aqui na Mestre foi a contratação de um profissional de RH. Como empreendedor que começou sozinho, fazendo um pouco de tudo, gestão, comercial, operacional, administrativo, eu sofri na pele o uso do meu tempo com aspectos que não são as minhas habilidades únicas.

Uma das que eu defino que, de fato, não faz parte da minha linha é a gestão e também os processos burocráticos que envolvem os Recursos Humanos. Eles decididamente não são minha habilidade especial, e existem pessoas muito mais capacitadas que eu, e que gostam de fazer isso no dia a dia.

Hoje vou falar um pouco sobre o que você pode esperar a respeito de como escalar sua agência digital de forma saudável pensando mais no RH!

Problemas de não ter uma área com profissionais de RH

Desde quando eu fundei a Mestre, em 2008, até 2015 ou 2016, eu geri diretamente ou estive muito próximo da área de Recursos Humanos. Toda a parte de contratação, demissão, ajuste de salário, assinaturas e todas as burocracias eu guardava debaixo da minha asa.

O problema é que quando você pega todos esses pontos para você, acaba perdendo tempo. Não é sua habilidade, então tira sua energia, faz com que você demore para fazer as tarefas e acaba trazendo mais stress, que você não precisa porque já tem bastante em seu cenário como empreendedor.

Quando eu fiz a contratação de um profissional de RH foi uma liberdade que eu tive do meu tempo, e talvez seja isso que você está procurando.

O que o RH faz na empresa?

Eu trouxe aqui um checklist do que o RH faz na Mestre e vou compartilhar alguns itens, mas antes queria comentar aqui o que eu entendo sobre o que o RH faz aqui em minha empresa, que pode fazer na sua agora ou no futuro, se você ainda não tem um profissional como esse em seu quadro de funcionários.

O RH, para mim, está no “meio de campo”, é a liga entre toda a organização e administração e os colaboradores. É como a cola que deve ajudar os dois lados a terem sinergia e caminharem bem.

A área trabalha para que todos cumpram suas metas, recrutando bem, expondo e resolvendo casos internos, fazendo a burocracia que envolve recrutamento e desligamento de pessoas, tudo buscando ajudar a empresa a conseguir os melhores resultados.

Pensando de forma leiga, é assim que o RH me ajuda aqui na Mestre.

Agora, dentro das obrigações cotidianas dessa área, quero listar algumas tarefas.

Checklist de funções do RH

Se você já tem uma área de RH ou quer ter em breve, agora é hora de bater um papo mais alinhado!

1. Folha de pagamento

Todo o levantamento de salários, junto à contabilidade, ver se os salários estão corretos de acordo com a lista, fazer o gerenciamento do 13º salário (verificar se as contas estão certas).

Outro ponto que é aparece e brilha quando não tem um RH são as férias. O profissional de RH é quem vai ajudar o colaborador a tirar suas férias quando ele tem interesse e também auxiliar a empresa a montar um calendário que não desfalque seu time.

2. Gestão de benefícios

Vale transporte, vale refeição, plano de saúde, assistência odontológica e outros benefícios gerais e específicos ficam do lado operacional do RH, para ele gerir frente à contabilidade.

Muitas vezes, por exemplo, você vai precisar fazer cadastros no plano de saúde. Precisa entrar com todos os dados… É uma burocracia que esse profissional irá conseguir executar sem ocupar o tempo do empreendedor, além do fato de que o RH fará muito mais rápido.

Há também a inclusão do cartão de transporte, como aqui em São Paulo, recargas e conferências para todos os benefícios.

Existem contabilidades que fazem essa parte, mas mesmo assim é bom o RH estar acompanhando tudo isso e garantindo, certamente, que os recursos estão caminhando da maneira correta e todo o oferecido está sendo entregue.

Bonificações e comissões, caso você trabalhe com esse modelo, também ficam na mão do profissional de RH. É ele que vai alinhar com a administração e o financeiro se, de fato, tudo está sendo contabilizado e pago aos colaboradores.  Esse é um ponto importante que também está ligado à folha salarial.

3. Biometria e outros cadastros

Se você tiver mais que 12 colaboradores, em termos de legislação você precisa da biometria. É importante, então, que esse profissional de RH faça o cadastro do colaborador dentro da biometria.

Como a gente está em um prédio aqui, por exemplo, ele precisa também cadastrar um crachá para o colaborador passar pela porta.

Cadastros e mais cadastros que você precisa realizar quando contrata ou desliga um funcionário devem ser feitos pelo RH.

4. Compras de escritório (higiene ou mercado)

Dependendo da organização, as compras podem ficar a cargo do RH ou até mesmo do Financeiro. Aqui, no nosso caso, dentro da Mestre, é uma atribuição do profissional de RH fazer as compras de papel toalha, pó de café, entre outros, e então passar o boleto de pagamento junto com a NF para o financeiro.

5. Conferência do ponto eletrônico

Dependendo do regime de ponto que você trabalha, se for eletrônico, o RH precisa fazer o fechamento semanal dos horários e instruir os colaboradores de acordo como banco de horas. Se uma pessoa falta, o RH precisa negociar para organizar o envio do atestado médico, no caso de um colaborador faltar ele precisa saber o porquê isso aconteceu. Cobrar o atestado ou, se o funcionário não trouxer, cobrar as horas de reposição dele.

Como escalar sua agência digital com três pilares do RH junto ao dono

No meu treinamento, o Agência 10X, eu falo exatamente sobre os três pontos principais do RH junto ao dono da agência, que são a contratação, o organização de metas e desafios para os colaboradores e os feedbacks incrementais com os colaboradores.

Esse tipo de aspecto é o que eu trato no meu curso online de gestão para os donos de agência, freelancers ou consultores que têm seu próprio negócio. Eu ensino muito bem como escalar sua agência digital.

Além desses itens do RH, eu acabo passando também sobre feedback, desligamento, contratação e metas, que são aspectos que precisam sim estar ligados ao RH, mas também em conjunto com o dono da agência.

O poder do profissional de RH

Por que eu estou falando isso? Porque eu acredito muito no poder do profissional de RH. Ele te liberta das atribuições que sugam sua energia e geram stress. Isso acaba poluindo seu tempo e também seu humor no dia a dia.

Às vezes você acaba perdendo a vontade de ser dono de empresa por ter que fazer a gestão desses pontos, e isso é super normal! Não tem nada de errado falar dessa forma. Resolver itens de RH não me deixa energizado. Pelo contrário, isso tira minha energia.

Eu descobri, batendo a cara na parede, que eu deveria ter tomado a decisão de contratar um profissional de RH mais cedo.

Qual o momento certo de contratar alguém de RH?

Se eu tivesse contratado um RH antes, eu seria muito mais feliz na minha jornada como dono de empresa. Hoje eu sou feliz nesse ponto, estou bem resolvido graças ao RH. Porém, se eu pudesse voltar no tempo, mesmo com oito ou 10 colaboradores, eu já contrataria um profissional desses para me ajudar na formação da cultura da empresa, em organizar os processos e evitar os ruídos.

Por não ter tempo de lidar da maneira certa com todo mundo, as pessoas acabam acumulando dúvidas e problemas, o que faz com que algumas sejam desligadas por qualquer razão, tanto de sua parte quando da delas. Por isso é mais saudável recrutar um RH mais cedo.

“Mas Fabio, eu sou uma pessoa só e estou construindo agora a minha agência. Essa é a minha primeira contratação!”

Você pode, então, contratar um profissional de RH como freelancer. Existem inclusive empresas de Recursos Humanos que prestam assessoria para empresas pequenas, nas quais você pode contratar o tempo de um profissional para fazer a gestão dos pontos que, em tese, seriam do RH.

Ele pode te ajudar em recrutamento, feedbacks e também nos outros detalhes operacionais.

“Ah, mas vou pagar dois, três mil reais para contratar uma consultoria de RH para a minha empresa que é pequena?”

Se você quer algo como escalar sua agência digital, sim! Afinal, quanto vale o seu tempo, não é mesmo? Você, como dono de empresa, economizar uma hora por dia por não precisar fazer a parte de RH vai permitir que você entregue muito mais para sua empresa lá na frente.

Por isso é um investimento que vale a pena, independentemente do valor da consultoria que você for contratar no início, pois ela com certeza vai se pagar.

Quer conhecer mais sobre o Agência 10x e entender como escalar sua agência digital apostando nas ideias certas? Entre em nosso site e inscreva-se!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.