Pesquisar
Close this search box.
Custo de oportunidade em agência digital
Custo de oportunidade em agência digital
Sumário

Custo de Oportunidade — Colaborador e Cliente

O assunto de hoje é resultado de um papo com um ex aluno do Agência 10x. Conversamos sobre custo de oportunidade e vou compartilhar com você o que eu penso sobre isso. Acompanhe!

Entenda mais sobre custo de oportunidade dentro das agências

Sempre que vou adicionar um funcionário ou um cliente à agência, vejo qual oportunidade tenho para saber se estou tomando a melhor decisão. Quando vejo a oportunidade de adicionar um novo colaborador, tenho que olhar pela ótica de como posso maximizar os resultados dele.

Hoje, a minha realidade é uma em que tenho que colocar a pessoa fisicamente aqui na Mestre. Basicamente, não tem mais espaço nas mesas para a galera sentar. Então, quando liberam um espaço, tenho que pensar em inserir um colaborador que vai gerar maior lucratividade e ter um bom desempenho. Afinal, é importante que favoreça a agência do jeito mais aprimorado possível.

Veja um exemplo simples:
Existe uma demanda dos clientes para gerenciar páginas e perfis no Instagram, mas não ofertamos esse serviço de social media. Mas, se eu for cobrar por um trabalho de gerenciamento de redes sociais, o tíquete médio teria que ser muito baixo. Isso porque existe uma grande concorrência em mídias sociais no mercado.

Então, eu precisaria ter um profissional alocado para isso. Só que alguém que trabalhe com redação pode atuar em uma outra área que rende mais lucratividade. O mesmo colaborador poderia ir para o setor de conteúdo, por exemplo, onde ele entregaria materiais diferentes e serviços mais lucrativos. Deu para entender a lógica?

O que analisar antes de contratar um colaborador?

De forma prática, você pode seguir alguns passos — que são os mesmos que eu sigo:

  1. veja se você tem espaço físico disponível para alocar pessoas;
  2. analise qual área de atuação vai produzir mais lucratividade para seu negócio.

Mas, pode ser que você contrate profissionais remotos e não precise validar o primeiro ponto. Nesse caso, o seu problema vai ser o investimento, ou seja, qual pessoa deve priorizar para custear. Verifique qual área precisa de um colaborador e quem iria suprir a necessidade, mas traria maior lucro.

O que analisar antes de fechar contrato com um novo cliente?

Essa visão segue a mesma lógica. Então, se for pensar em adicionar um novo cliente, você demanda de pessoas. Para receber mais clientes, necessariamente, precisa de mais pessoas para fazer aquele trabalho.

O que analisar:

  • time para tocar o projeto — você tem as pessoas necessárias?;
  • espaço físico — há espaço para alocar colaboradores, caso seja necessário fazer contratações?;
  • margem de lucro — quantas pessoas novas você precisa para ter esse cliente na casa? Quanto menos precisar, melhor para você. Além disso, como já falei, algumas áreas são mais lucrativas do que outras.

É importante analisar não só  a margem de lucro, pois a grande sacada é outra. Fique de olho no “LTV”, que é o Life Time Value, que podemos chamar de “LLT” — Lucro ao Longo do Tempo.

Qual é o lucro que você vai poder ganhar com esse cara ao longo do tempo? Então se tem um cliente com fee bem alto atrelado à uma margem de lucro alta, terá um bom custo de oportunidade.

Gostou de saber mais sobre o custo de oportunidade? Compartilha comigo o que achou e continue aqui no blog da Agência 10x!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial
Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial

As objeções de preço são bastante comuns durante negociações comerciais, e você precisa aprender a quebrá-las sem desvalorizar os seus serviços e correr o risco de pagar para trabalhar. Leia o artigo e entenda mais sobre o assunto!

Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias
Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias

Por melhor que seja sua proposta comercial, nem todo cliente vai aceitá-la de primeira. Pelo contrário: é muito comum que eles precisem ser convencidos. Leia o artigo e confira estratégias de como quebrar objeções na venda de gestão de tráfego que vão te ajudar a fechar mais contratos!