Pesquisar
Close this search box.
Sumário

Google Japão Foi Realmente Punido?

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Hoje ao ler os meus feeds, me deparei com um questionamento do Aaron Wall(SEOBook), que eu já fazia internamente na MestreSEO, “O Google Japão foi realmente punido?”.

Para aqueles que não ouvira, ou melhor, viram a história, eu postei na MestreSEO no dia 11 de Fevereiro, um artigo explicando tudo sobre a punição que o Google Japão recebeu ao realizar uma campanha de posts pagos para promover uma widget.

O Google Japão foi realmente punido?

Na minha visão, a punição foi apenas aparente, ou seja, apenas mudaram o PageRank de 9 para 5 como uma medida aparente para a sociedade. Isto daria, em primeira instância, uma visão de que o Google estaria aplicando uma regra clássica de punição em sua “subsidiária” do Japão.

Mas, veja os exemplos clássicos colocados por Aaron Wall:

Em meu pensamento, qualquer site que tivesse feito o mesmo que o Google Japão fez, receberia ao menos uma remoção da própria marca, além do seu PageRank ser transformado para n/a (ou cinza na Google Toolbar).

Mas não foi isso o que houve. O PageRank ficou em 5 e ao se procurar por Google Japão, o site continua aparecendo:

Convenhamos, ficou “barato” para o Google Japão, vocês não acham?

Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial
Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial

As objeções de preço são bastante comuns durante negociações comerciais, e você precisa aprender a quebrá-las sem desvalorizar os seus serviços e correr o risco de pagar para trabalhar. Leia o artigo e entenda mais sobre o assunto!

Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias
Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias

Por melhor que seja sua proposta comercial, nem todo cliente vai aceitá-la de primeira. Pelo contrário: é muito comum que eles precisem ser convencidos. Leia o artigo e confira estratégias de como quebrar objeções na venda de gestão de tráfego que vão te ajudar a fechar mais contratos!