Pesquisar
Close this search box.
Sumário

Sobrinhos do SEO x Profissionais do SEO

Olá pessoal, não sou muito de comentar ou debater aqui no blog assuntos polêmicos, mas um artigo que li hoje no SEM Brasil me chamou atenção. O artigo, entitulado “SEO é para profissional” traz uma posição meio radical, acredito eu.

O autor, Erick Beltrami Formaggio, mostra que o mercado de SEO está cercado de pessoas que se entitulam profissionais da área e com isso uma banalização do serviço vem ocorrendo. Ele ainda coloca em “cheque” este relacionamento:

As agências que desejam comer uma fatia desse queijo investem em profissionais qualificados, treinamento e certificação. Sendo assim, quem tem mais credibilidade? Um amador que fala de SEO e é uma enganação, ou agências especializadas?

Na minha visão, o ramo de computação é cercado de muitos auto-didatas, pessoas que aprendem sozinhas. Com a ajuda da web, que ja é um grande livro aberto à todos os interessados, o número de “profissionais” em computação vem crescendo muito rápido. Veja só o exemplo de blogueiros. Existe um trabalho árduo de vários para mostrar a sua capacidade profissional enquanto outros brincam de escrever.

Voltando ao lado do SEO, vou seguir a idéia da minha vida: aprendi muito, ou melhor, quase tudo que sei, na web. Então eu seria um amador? Um “sobrinho” do SEO? Lógicamente, eu poderia usar o argumento que sou Bacharel em Ciência da Computação, mas do que isso adianta no ramo de computação? Ou melhor, no mercado de SEO? Todos que trabalham com SEO sabem que o ramo é feito de resultados. Não adianta eu possuir N certificados, Y cursos profissionalizantes ou ser PhD na melhor universidade, se eu não conseguir resultados para o cliente.

Conheço várias pessoas que começaram em casa, aprendendo sozinhos na Web, e hoje estão trabalhando em grandes empresas, ou melhor, agências publicitárias. O que vale no final, é a capacidade da pessoa de tratar o negócio de SEO como um mercado ou como uma brincadeira de criança. No fim, títulos não contam, resultados pelo contrário, contam E muito.

Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial
Como Trabalhar Com Objeções de Preço na Proposta Comercial

As objeções de preço são bastante comuns durante negociações comerciais, e você precisa aprender a quebrá-las sem desvalorizar os seus serviços e correr o risco de pagar para trabalhar. Leia o artigo e entenda mais sobre o assunto!

Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias
Como Quebrar Objeções na Venda de Gestão de Tráfego? Confira Estratégias

Por melhor que seja sua proposta comercial, nem todo cliente vai aceitá-la de primeira. Pelo contrário: é muito comum que eles precisem ser convencidos. Leia o artigo e confira estratégias de como quebrar objeções na venda de gestão de tráfego que vão te ajudar a fechar mais contratos!