Os sitemaps HTML estão ultrapassados?

Esta é a pergunta que o Kev fez em seu post, no SEOptimise.

Ele defende que nos dias atuais uma construção intuitiva de websites leva a uma boa indexação nos grandes mecanismos de busca, mas eu tenho uma teoria melhor.

Concordo com ele que a boa construção e organização hierárquica do website seja fundamental e traga resultados, mas o sitemap é uma das grandes armas que eu conheço no SEO. É ele quem está a 1 clique da sua página inicial e está presente em todas as suas páginas(ou deveria).

Sendo assim, as suas principais páginas(listadas no sitemap), estariam a 2 cliques da sua página inicial. Dando muito mais relevância aos buscadores, pois como a comunidade de SEO já sabe, os buscadores trabalham em dois níveis de crawlers: o que busca visita o seu site sempre, em até 2 níveis(alguns mais), e o deep crawler, responsável por achar as suas páginas mais “profundas”.

Em testes na empresa onde trabalho, o uso do sitemap HTML é fundamental e traz um ganho significativo na indexação e re-indexação de páginas, visto a quantidade de cliques para atigi-la.

Espero que seja uma boa dica para vocês.

4 ideias sobre “Os sitemaps HTML estão ultrapassados?”

  1. Pingback: And After

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *